domingo, 21 de fevereiro de 2010

E ao perceber que estava acordando senti a surpresa, podia jurar que tudo aquilo era real, eu lembrava que era com você, isso talvez bastasse se não fosse minha necessidade de mais uma dose sua. Fui ao banheiro, enxaguei o rosto com raiva e água enquanto tentava me concentrar no sonho. Voltei pro quarto e sentei na cama desarrumada, me concentrando em trazê-lo de volta pra onde eu pudesse ver, mas o sonho escapava da minha memória e se misturava com imagens da noite anterior e lembranças do que eu queria pensar que sonhei. Escorregava pela minha mente se refugiando atrás de lembranças inúteis, fúteis, lembranças que não tinham importância nenhuma. E eu lutava pra lembrar o que eu tinha sonhado, pra entender o que eu tinha pensado e por mais que eu lutasse ele escapava continuamente de mim. E assim eu passei mais um dia, sem saber direito o que aconteceu em meu sonho, o que me deixou um pouco mais tranquilo foi que foi com você, e sendo com você.. E com você do meu lado nada de ruim poderia acontecer. Me levantei e fui tomar banho pra começar mais um dia sem saber ao certo como foi minha madrugada.

Câmbio, desligo.

14 comentários:

  1. Sempre acordo péssima quando isso me acontece, principalmente, pelo simples fato dele nunca está aqui comigo! Neto, lindo textoo!

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto, dá vontade ler, reler...
    Nos nossos sonhos somos livres, vivemos o nosso amor, com plena entrega.
    Dependendo do sonho seria tão bom se fosse real não é.
    Assim como o seu...
    Bjos meus e uma linda semana,

    ResponderExcluir
  3. Vim agradecer e retribuir a visita. O texto que postei hoje não é meu e fiquei muito feliz que tenha gostado,quem escreveu é muito especial.Tente advinhar quem foi. Seu blog é uma delícia. Gostei demais! Bem, creio que fora os sonhos premonitórios, eles são uma válvula de escape de energia. Os desejos vão se acumulando e não se pode fazer nada naqueles momentos, vão se juntando como em uma panela de pressão e escapa através de sonhos lindos ou malucos.Quem estuda os sonhos partem do princípio que todos os elementos são você mesmo.Ex:Aparece uma mulher porque ela é a projeção do seu feminino no caso te perguntariam o que essa pessoa representa na sua vida,etc...Dizem também que quem consegue anotar todos os sonhos encontrarão as saídas para os conflitos, pois, neles estão as respostas.Tenho uma amiga que tem mais de 400 sonhos anotados e nem te conto o qto ela resolveu a vida dela. Bem, me alonguei porque sei lá...Bem, montão de bjs e abraços e muito prazer

    ResponderExcluir
  4. Oi, Neto!

    Detesto sonhos assim... :(
    Muito obrigada pela visita e pelo recadinho!

    Ótima semana pra vc!
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  5. Bom dia, meu querido amigo.
    Que bom gostou do meu cantinho. O seu também é maravilhoso. Passei esses dias de carnaval com visita em casa - os filhos e genros estavam aqui há uma semana. Foram embora agorinha. Vou dar uma ajeitada na casa e depois volto com mais calma.
    Volte mais vezes, FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... terá sempre uma história para te contar. Estou fazendo uma série sobre orixás a pedido de alguns leitores.
    Beijo grande.
    Saudações Florestais !

    ResponderExcluir
  6. Texto lindo, tão sutil e delicado, é tentador sonhar com quem se ama, mesmo que a realidade se confunda quando o dia nasce.
    *-*
    to seguindo;

    ResponderExcluir
  7. Amei seu texto :) querido eu de dei um selinho lá no meu Blog :D

    www.hoteice.blogspot.com
    passa lá e confira :D

    ResponderExcluir
  8. hum... quase nunca lembro dos meus sonhos...

    :/

    ResponderExcluir
  9. Ah que bom que vai participar :)

    bem vindo ao Vida! Agora vou dar uma passeada por seu blog..
    beijos e boa semana!

    ResponderExcluir
  10. Não está aparecendo seus seguidores, mas eu volto e voulhe seguir, viu?

    ResponderExcluir
  11. Os sonhos dizem tanto a respeito de nós e de nossas necessidades, sabia? Os sonhos sempre me intrigam...

    ResponderExcluir